Duplicou o número de condutores em excesso de velocidade muito grave, apanhados pelos 21 radares fixos em Lisboa. De acordo com um balanço oficial da Polícia Municipal de Lisboa (PML), a que o DN teve acesso, o número de infrações muito graves registadas (quando o limite de velocidade é ultrapassado acima dos 40 km/h) atingiu em 2019 os 5248 casos, enquanto em 2018 tinha ficado pelos 2654. Trata-se do valor mais elevado dos últimos cinco anos. 

A Polícia Municipal, entidade que coordena esta fiscalização rodoviária, identificou também, no primeiro semestre deste ano, o top 10 dos radares onde os condutores atingiram maior velocidade, com mais infrações muito graves.

Leia a notícia na íntegra em dn.pt (Diário de Notícias online)

Deixe os seus comentários

Publicar comentário como convidado

0
Seus comentários estão sujeitos à moderação do administrador.
  • Nenhum comentário encontado

  2005

 2009

  2013

  2014

RADARES em Tempo Real

Disponível no Google Play

app WEB

Autenticação

Autenticação "Social"