Agora as viaturas descaracterizadas e na posse de empresas vão ajudar a caçar os que prevaricam e excedem os limites de velocidade em França. Os carros privados com radares podem multiplicar cinco vezes a quantidade de multas passadas e permitir ao Estado Gaulês arrecadar mais dois milhões de euros por ano.

Os condutores franceses precisam a partir de agora de ter muito mais cuidado antes de excederem os limites de velocidade. Isto porque podem ser multados sem a presença de qualquer viatura policial ou radar “oficial” nas proximidades, devido à introdução dos carros privados com radares. Esta solução entrou agora numa fase de testes piloto, na Normandia, que antecede a expansão a todo o território gaulês em 2019.

Estes automóveis são geridos por sociedades privadas, que ficam assim com total autonomia para atuar e seguir em busca dos que não cumpram a lei.

ATUALIZAÇÃO: Segundo um administrador do projeto Radares de Portugal, residente em França, garante que "os veículos não são de empresas ou firmas privadas, são do Estado! Os condutores que vão circular nesses veículos é que são funcionários de uma empresa privada e sempre que esses carros vão para a rua, tem de efetuar o(s) trajeto(s) proposto(s) pelo serviço das autoridades. O radar é automaticamente ajustado de acordo com os limites de velocidade, por geolocalização". por Filipe Ermida.

Leia a notícia na íntegra em motor24.pt

Deixe os seus comentários

Publicar comentário como convidado

0
Seus comentários estão sujeitos à moderação do administrador.
  • Nenhum comentário encontado

  2005

 2009

  2013

  2014

RADARES em Tempo Real

Disponível no Google Play

app WEB

Autenticação

Autenticação "Social"

     
 

No nosso fórum