Os 4581 militares empenhados nesta fase da operação, pertencentes ao efetivo da Unidade Nacional de Trânsito e dos comandos territoriais, para além da atuação preventiva e de apoio aos utentes das vias rodoviárias, estarão especialmente atentos aos comportamentos de risco dos condutores que coloquem em causa a segurança rodoviária, nomeadamente: manobras perigosas de ultrapassagem, mudança de direção, inversão do sentido da marcha, cedência de passagem e distância de segurança; condução sem habilitação legal; não utilização do cinto de segurança e/ou sistemas de retenção; utilização indevida de telemóveis; condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas e excesso de velocidade.

A equipa Radares de Portugal recomenda a utilização atenta ao grupo Radares de Portugal no Facebook!

Fonte: Guarda Nacional Republicana.

Deixe os seus comentários

Publicar comentário como convidado

0
Seus comentários estão sujeitos à moderação do administrador.
  • Nenhum comentário encontado

  2005

 2009

  2013

  2014

RADARES em Tempo Real

Disponível no Google Play

app WEB

Autenticação

Autenticação "Social"

     
 

No nosso fórum