A Comissão Europeia decidiu hoje instaurar ações no Tribunal de Justiça da UE contra Portugal e três outros países por não terem transposto devidamente as novas normas comunitárias em matéria de cartas de condução.
O executivo comunitário indicou que decidiu apresentar queixa no tribunal contra Croácia, Holanda, Portugal e Suécia por incorreta transposição da diretiva (lei comunitária), que deveria ter começado a ser aplicada em 2013, especificando que no caso português o problema prende-se com o facto de as autoridades não terem apresentado garantias de que a mesma pessoa não possa ser titular de mais do que uma carta de condução.

Bruxelas lembra que deu início a processos por infração em outubro de 2015, tendo enviado um parecer fundamentado aos quatro países em junho de 2016, e “uma vez que os Estados-Membros ainda não cumpriram as obrigações que lhes incumbem por força da diretiva 2006/126/CE, a Comissão decidiu recorrer ao Tribunal de Justiça da UE”.
A lei comunitária em causa atualizou as regras relativas às cartas de condução ao nível da União, introduzindo, nomeadamente, novas categorias de carta de condução e fixando um prazo de validade harmonizado para estes documentos.

Leia a notícia na íntegra em sapo.pt

Deixe os seus comentários

Publicar comentário como convidado

0
Seus comentários estão sujeitos à moderação do administrador.
  • Nenhum comentário encontado

  2005

 2009

  2013

  2014

App Mobile

Disponível no Google Play

iphone app

Autenticação

Autenticação "Social"