Atenção! Devido a atrasos com os serviços de email aos quais somos alheios, alguns pedidos de contacto e comprovativos podem não nos ter chegado, assim solicitamos a todos os utilizadores que estejam a notar uma elevada demora na resposta, que contactem: radaresdeportugal@gmail.com

Segundo o artigo publicado no site da Alive FM, militares do Destacamento de Trânsito de Viseu apreenderam ontem, dia 12 de Setembro, um aparelho detector de radar que se encontrava instalado num veículo ligeiro de passageiros, que circulava na A25, na zona de Chãs de Tavares. No âmbito de uma operação de fiscalização, os militares identificaram um aparelho instalado no interior do veículo. O condutor foi identificado e foi elaborado o respetivo auto de contraordenação.

 

A instalação e utilização de quaisquer aparelhos, dispositivos ou produtos susceptíveis de  revelar a presença ou perturbar o funcionamento de aparelhos destinados à detecção ou registo das infracções, é sancionado nos termos do código da estrada com uma coima de 500 a 2 500 euros e com a perda dos objectos.

Caso para, uma vez mais, a administração do RADARES de Portugal apelar para a utilização legal da informação e de aparelhos que não interfiram com o funcionamento do equipamento de controlo de velocidade. Acompanhe os Radares Em TEMPO Real no site oficial radaresdeportugal.pt

Deverá também instalar as Bases de Dados de Radares no seu GPS/Smartphone. Para mais esclarecimentos, por favor, consulte a FAQ.

Fonte: alivefm.pt

 

 

Deixe os seus comentários

Publicar comentário como convidado

0
Seus comentários estão sujeitos à moderação do administrador.
  • Visitante - M fragoso

    A propósito de radares ,Há tempos estive no reino unido e pode verificar a diferença na informação disponibilizada ao automobilista em relação ao nosso país,assim as vias com limites de velocidade controladas por radar estão perfeitamente identificadas ,só é penalizado quem quer,pois por lá não se usa esconder a câmara de filmar por detrás do arbusto!!!

  • Visitante - Alipio

    Eu tenho um aparelho alguns anos e passo por eles e nunca me detetaram, será que este cromo tinha algum detetor dos rascas? se puxar pelos cordões á bolsa e comprar um aparelho dos bons que são indetetaveis não terá estes problemas.
    Fica o meu testemunho.

    Alipio

  • Visitante - André Moreira

    O Código da Estrada prevê no art 84º, nº3 que: "É proibida a instalação e utilização de quaisquer aparelhos, dispositivos ou produtos suscetíveis de revelar a presença ou perturbar o funcionamento de instrumentos destinados à deteção ou registo das infrações."
    A letra da lei é muito clara quando refere: "dispositivos suscetíveis de revelar a presença" e não necessariamente que interfira com o funcionamento de (radares). Qualquer aparelho de GPS que contenha um mapa de radares será assim suscetível de ser considerado como estando abrangido por este dispostivo podendo assim potencialmente levar à aplicação de uma contra-ordenação.
    A diferença entre um GPS com indicação da localização de radares e um tradicional "detector de radares" é que o primeiro, ao contrário do segundo tem outras funções, nomeadamente de navegação, que o segundo não tem. Assim poderá ser difícil aos agentes da autoridade provar que um GPS tem instalado um mapa com radares, sendo, por outro lado, muito fácil provar a finalidade de utilização de um detector de radares ou pelo menos o motivo para a sua posse.

  • Visitante - Vasco

    Se isso aconteceu, é porque o detector era dos rascas, se for um bom aparelho indetectável e dos que não interferem nada disso acontece, eu comprei um Valentine One neste site www.detetoresderadar.webnode.pt e não interfere agora quem quer gastar só uns miseres euros não pode comprar boa coisa.

  • Visitante - Viriato

    Se realmente foi apanhado é porque o aparelho não era fiavel, porque se for um fiavel dos que são indetetaveis, não terá esse problema.

  2005

 2009

  2013

  2014

Autenticação

Autenticação "Social"

     
 

No nosso fórum

App Mobile

android app

iphone app